O Curso Técnico em Meio Ambiente teve a sua primeira versão do Plano de Curso aprovada na Sessão 660ª do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, de 14 de janeiro de 2005, porém, devido a problemas nos encaminhamentos do convênio interinstitucional previsto na época para ofertar o curso, acabou não sendo ofertado.

Considerando a liberação de novas vagas para docentes no ano de 2010, o Colégio Politécnico optou por retomar o Plano do Curso Técnico em Meio Ambiente e viabilizar a oferta do mesmo a partir de 2011.

As reformulações foram feitas para atender à legislação vigente (Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, instituído a partir do Parecer CNE/CEB nº11/2008, Resolução CNE/CEB nº03/2008 e Portaria do MEC nº870, de 16 de julho de 2008) e foi aprovada na Sessão 773ª do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, de 03 de dezembro de 2010.