O Técnico em Paisagismo do Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Design caracteriza-se como um profissional comprometido com o desenvolvimento social e econômico, respeitando valores éticos, morais, culturais, sociais e ecológicos, com conhecimentos, saberes e competências profissionais que o qualificam a exercer as seguintes funções:

  • agente de desenvolvimento social e difusor de tecnologias;
  • elaboração, execução e manutenção de projetos paisagísticos;
  • graficação e interpretação de desenho técnico;
  • planejamento e execução de atividades relativas à jardinagem;
  • escolha, operação e manutenção de máquinas e equipamentos relativos a floricultura e ao paisagismo;
  • planejamento, coordenação, acompanhamento e execução de atividades de cultivo de flores e plantas ornamentais;
  • produção, colheita, beneficiamento, armazenamento e comercialização de flores, plantas ornamentais, sementes e propágulos de flores e plantas ornamentais;
  • seleção e aplicação adequada de defensivos agrícolas;
  • seleção, implantação e acompanhamento de projetos de irrigação, fertirrigação e drenagem a campo e em cultivos protegidos;
  • elaboração, implantação, acompanhamento e execução de projetos de implantação de viveiros de plantas ornamentais;
  • preparo e manejo adequado do solo;
  • seleção e aplicação de adubos e corretivos mediante interpretação de análise de solo;
  • coordenação de equipes de trabalho na execução de projetos paisagísticos;
  • identificação dos grupos florísticos ornamentais;
  • seleção de materiais e equipamentos para espaços de paisagismo tais como jardins, parques e praças;
  • condução de trabalhos de construções de ambientes para cultivos protegidos;
  • identificação de formas, cores, textura, volumes e composições harmônicas no paisagismo;
  • elaboração, acompanhamento e execução na implantação de projetos de arborização;
  • planejamento, orientação e execução de trabalhos topográficos para a implantação de projetos paisagísticos;
  • execução de trabalhos de criação de oligoquetas para produção de adubo orgânico;
  • interpretação de projetos paisagísticos;
  • desenho técnico de projeto de paisagismo utilizando meios digitais para graficação em 2 e 3 dimensões;
  • reconhecimento das características de diferentes países e civilizações na história do paisagismo.